quarta-feira, 12 de outubro de 2016

DIA 14-10-2016. COLOQUIO EM AZAMBUJA AUDITORIO M. PATEO DO VALVERDE AS 21H45. PRÓ TAUROMAQUIA-UMA LUTA PELA LIBERDADE.


























Na sequência dos ataques que têm vindo a ser deferidos contra a tauromaquia, tem vindo a Tertúlia "Festa Brava" (TFB) a desenvolver uma luta, aos mais diversos níveis, com o intuito de defender, como lhe incumbe,  a cultura e os valores que fazem da festa de toiros um traço indelével da nossa identidade como Nação.

Teve a TFB a possibilidade de ser parte activa no movimento que contribuiu para a derrota, na Assembleia da República, das propostas de lei que visavam proibir a tauromaquia, em Junho e Julho pretérito.

Foi ainda uma das colectividades taurinas que promoveu e levou a cabo a fundação, muito recente, da TTP-Associação de Tertúlias Tauromáquicas de Portugal.

Dado que esta "guerra" não está ganha e que renovados perigos se avizinham com a nova sessão legislativa ora iniciada, intendemos ser oportuna a divulgação desta problemática junto dos aficionados dando a conhecer os verdadeiros interesses e motivações daqueles que tanto se encarniçam contra a FESTA.  

E quem melhor que os Parlamentares, que na Assembleia da República, têm defendido a tauromaquia para o fazer?.

A eles juntámos as forças sociais, que têm uma palavra a dizer sobre este assunto e que têm sido protagonistas deste combate.

E que não se pense que são apenas as corridas de toiros formais que estão em causa.  Os anti-taurinos querem proibir todas as manifestações tauromáquicas!  Será que Azambuja quer prescindir da sua Feira de Maio?  E que dirá Vila Franca de Xira sobre o seu Colete Encarnado? E as Festas de Nossa Senhora da Boa Viagem na Moita? E Alcochete, o Montijo, Samora Correia e Benavente?  E esse imenso Alentejo onde a "aficion" pelo toiro é uma vivência diária, será que vai abandonar as suas Festas?.  Tudo isto é para acabar?  E as capeias, os encerros as garraiadas, as touradas à corda e todos os demais festejos que de Norte a Sul deste País, sem esquecer os Açores, são a alma de um povo com quase 900 anos de história.

Aficionados de Portugal é a nós e amais ninguém que compete defender a nossa cultura.  Pensamos que o colóquio da TFB leva a efeito no próximo dia 14 de Outubro é um momento importante de afirmação e de informação.  

JUNTE-SE A NÓS NESTA LUTA QUE É DE TODOS.  DIGA PRESENTE!!

Rui Casqueiro Haderer
Tertúlia Festa Brava

Sem comentários:

Enviar um comentário