domingo, 3 de abril de 2016

CAMPO PEQUENO (LISBOA) João Salgueiro: “Venho para escrever um novo volume da minha carreira”

GANADEIRO VEIGA TEIXEIRA - Dª PAULA RESENDE . RUI BENTO
CAVALEIRO JOÄO SALGUEIRO Y Dº PAULO PEREIRA
O cavaleiro João Salgueiro afirmou hoje estar a viver “um momento de grande felicidade” e promete “dar tudo por tudo” para que a corrida da sua reaparição, dia 14 de Abril, no Campo Pequeno, seja um grande sucesso.
“Regresso porque sinto que ainda não dei a total dimensão do meu toureio. Cada dia que passa sinto mais energia, mais vontade de tourear, maior vontade de me afirmar como o número um do toureio a cavalo”. Venho para escrever um novo volume da história da minha carreira”, acrescentou.
“O toureio é geometria e a minha geometria é infinita”, disse o cavaleiro que referiu ainda o seu contentamento pelo facto de a corrida ser um concurso de ganadarias e teve palavras elogiosas para os seus alternantes, João Ribeiro Telles júnior e o rojoeneador espanhol Manuel Manzanares.
Nesta corrida estarão a concurso as ganadarias de Veiga Teixeira, Ribeiro Telles, Pinto Barreiros, Murteira Grave, São Torcato e Santa Maria, completando o cartel o Real Grupo de Forcados Amadores de Moura e os Amadores do Aposento da Moita.
António José Teixeira, representante da divisa mais antiga a concurso, salientou a coragem da empresa em “montar a corrida de abertura do abono com um concurso de ganadarias”, acrescentando que tal “demonstra o grande respeito que tem pelos ganaderos portugueses”.
O Director de Actividades Tauromáquicas do Campo Pequeno, Rui Bento, salientou o interesse crescente das grandes figuras mundiais do toureio por actuarem em Lisboa, o qual “resulta de um trabalho persistente e de qualidade que vimos desenvolvendo desde a reinauguração da praça, em 2006”.
Por seu turno, a Administradora da empresa, Paula Resende, anunciou que o número de abonados (detentores de bilhetes de temporada) já cresceu 30 por cento, em 2016, relativamente a 2015.

“Sinto-me feliz e orgulhosa deste resultado. É, para já, um recorde de venda de abonos e o período de subscrição continua em aberto, pelo que espero que ultrapassemos o “número mágico” que idealizei para esta temporada, mas que não digo qual é”, afirmou Paula Resende.

Sem comentários:

Enviar um comentário